Logos | Preparatório para concursos

APROVADOS - LOGOS

Home > Aprovados

Bruna Abreu Honori

Bruna Abreu Honori


Concurso: Colocação:
PJF, CEF, BB, UFJF e INSS. PJF | 30° lugar; CEF | 92º lugar; BB | 32º lugar; UFJF | 1º lugar na 1ª fase e 8º no final; e INSS | 5º lugar.

A determinação de quem não se cansa de continuar buscando

Bruna Abreu Honori é aluna do Curso Logos e foi aprovada em 05 Concursos Públicos. 

Resolveu começar a estudar para concursos depois que foi mandada embora da empresa em que trabalhava, simplesmente porque seu salário era alto demais, sendo substituída por outra pessoa com um salário menor. “Isso fez com que eu visse a instabilidade que o setor privado me oferecia e DEFINITIVAMENTE NÃO ERA O QUE EU ESPERAVA PARA A MINHA VIDA!”.

Faz concurso há mais ou menos 4 anos, porém, no começo, estudava em casa, com apostilas preparatórias. Como isso não a estava ajudando, pois não era aprovada ou ficava muito longe na classificação, resolveu fazer um Curso e entrou para o LOGOS. “Aí as coisas mudaram, as aprovações começaram a ocorrer e agora, com classificações melhores”.

Foi aprovada nos seguintes concursos (até o momento da entrevista):

Prefeitura de Juiz de Fora (30° lugar);

Caixa Econômica Federal (92º lugar);

Banco do Brasil (32º lugar);

UFJF (passou na primeira fase em 1º lugar e na classificação final ficou em 8º); e, mais recentemente,

INSS (5º lugar).

Trabalha atualmente no INSS.

Sua trajetória:

“Minha rotina de estudo no primeiro Curso do Logos era pesada. Naquela época eu trabalhava e, como fazia o Curso, não sobrava muito tempo para estudar em casa. Então comecei a ver que era preciso estudar mais do que simplesmente ir às aulas, era preciso assimilar a matéria. Foi quando vi que tinha que usar todo o tempo livre. Comecei a estudar no ponto de ônibus, dentro do ônibus, nos 30 minutos que sobravam do meu almoço, no meu intervalo de 15 minutos e, à noite, quando chegava do Logos, estudava um tempo de pé para não dormir e conseguir fazer uma revisão da matéria dada no dia. Era loucura, quase não saía!

Hoje, trabalhando na UFJF, eu consigo ter uma rotina de estudo mais tranqüila. Isso não quer dizer que não estudo tanto quanto antes, pelo contrário, estudo mais, porém, agora, tenho buscado mais QUALIDADE e tempo para descansar – que também é importante, pois o descanso ajuda a recuperar as energias para mais uma jornada de estudos.”

 

Os MEDOS e a SUPERAÇÃO:

“Tinha medo de não conseguir passar, pois achava que só quem era muito inteligente ou quem era indicado é que conseguia. Foi quando vi que pessoas próximas começaram a passar e que não eram diferentes de mim, e que, com um pouco mais de esforço, eu também conseguiria!”

 

O que sentiu ao ver o seu nome pela PRIMEIRA vez na Lista dos Aprovados:

“Foi incrível, depois que vi meu nome, tudo ficou escuro, não conseguia ver novamente para confirmar, só depois de alguns minutos e de muita tremedeira e choro, consegui ver que era eu mesma. Aí veio o momento de contar para a família. Minha mãe quase teve um “treco” quando liguei e contei a novidade (risos). Realmente foi um momento muito mágico e que se repete a cada nova aprovação!”

 

Estímulos que  ajudam quando está se preparando:

“Busco pensar no que quero para a minha vida daqui a alguns anos. As conquistas que pretendo conseguir e sei que para isso preciso me mexer, preciso ir atrás. Hoje vejo que conseguindo um lugar no Setor Público muitas dessas conquistas ficam mais fáceis e mais reais.”

 

Conselhos a quem tem vontade de percorrer o mesmo caminho:

“Para conseguir ter sucesso, é necessária muita dedicação, muito estudo, e, principalmente, força de vontade, afinal, em muitos momentos dá vontade de desistir, de jogar tudo para o alto. Não é fácil enfrentar a rotina de trabalho, de estudo e as idas e vindas do Curso. Mas se você for teimoso, como eu, e conseguir passar por cima do cansaço, da preguiça, das reprovações (que naturalmente acontecem), e dos obstáculos que estão no caminho, O SONHO ACABA VIRANDO REALIDADE!

O melhor conselho, na minha opinião, é aquele que adoto:

Penso sempre na vida que quero ter, nas coisas que quero comprar, mas como nada cai do céu, é preciso ir à luta para conseguir atingir seus objetivos”.

 

Sua atual meta:

“Meu objetivo agora é ser aprovada em Concursos com uma remuneração melhor, e, para isso, continuo me preparando e estudando bastante em busca de novas aprovações”.

 

Parabéns Bruna, pela sua História de Vida!

 

Todos nós nos orgulhamos de você,

 

Que sua História seja exemplo para muitos que ainda não se encorajaram e também para aqueles que estão no meio do caminho de sucesso!


Natália de Almeida Vicente

Natália de Almeida Vicente


Concurso: Colocação:
ATA / MINISTÉRIO DA FAZENDA 2º lugar

NATÁLIA DE ALMEIDA VICENTE – APROVADA EM 2º LUGAR NO CONCURSO DO ATA / MINISTÉRIO DA FAZENDA | 28 ANOS - Sempre estudou em Escolas Públicas em Matias Barbosa. Formada em Administração pela UFJF.

O que a motivou a estudar para Concurso foi a estabilidade e um salário melhor oferecidos pelo Funcionalismo Público. Vinha se preparando desde a Faculdade, ... Leia mais clicando no título acima...

Vinha se preparando desde a Faculdade, estudando em casa, sem muita disciplina e com outras prioridades, por isso ia bem nas matérias básicas (português e matemática). Mas, pela falta de experiência, não conseguia bons resultados em matérias específicas, principalmente legislação. Foi quando resolveu fazer um Curso Preparatório para Concursos no Logos, aí foi aprovada.

Apesar de morar em Matias Barbosa, Natália mudou sua rotina e passou a sair de sua cidade às 5h da manhã para conseguir conciliar as idas à academia com o trabalho diário e, à noite, ir ao curso Logos em Juiz de Fora; esforço esse que não a impediu de estudar nem trabalhar.

 Nos finais de semana, conseguia estudar em casa para rever o conteúdo das aulas e fazer exercícios.

Mesmo assim, arrumava tempo para ajudar sua mãe nas coisas da casa.

Eram às sextas e aos sábados que intensificava seus estudos, indo até às 4h da manhã, pois tinha o silêncio como seu aliado.

 

Perguntamos o que sentiu quando  viu seu nome na lista dos aprovados:

 

É a melhor sensação de que tenho lembrança”.

 

E você, tem conselhos para aqueles que querem estudar para concursos?

 

O primeiro conselho que dou é:

Saber dizer “não” para algumas coisas. Eu sempre gostei muito de sair à noite, seja em uma balada, um bar ou uma reunião na casa de amigos, então, passei a optar por um lanche rápido ou programas mais tranqüilos, que não me atrapalhavam.

O segundo conselho é conhecer nossos pontos fortes e fracos. Nas matérias que tinha mais domínio, eu fazia apenas exercícios, sem me prender muito à teoria, devido ao pouco tempo disponível. Já aquelas que eu tinha mais dificuldade ou que era novidade para mim, eu me dediquei mais. Não se pode deixar de estudar alguma matéria por não gostar ou pela dificuldade que ela apresenta, pois de nada adianta irmos muito bem em certas matérias e não conseguirmos o mínimo necessário em outras.

Em hipótese alguma eu deixava de ir às aulas; procurava absorver o máximo possível e não ir com dúvidas para casa.

Como não deu tempo de rever todo o conteúdo, segui as dicas dos professores como, por exemplo, palavras chave e o que tende a cair mais em provas. E isso me ajudou muito!

 

Em minha opinião, quando estamos começando, precisamos focar em um concurso específico, principalmente se o nosso tempo é limitado, como foi o meu caso. Após dominarmos as matérias base, que caem na maioria dos concursos, começamos a tentar outros.

Com a experiência de ter sido aprovada nesse concurso, agora me vejo com mais calma para me dedicar a outros, com uma preparação mais a longo prazo.

 

Parabéns Natália, pela sua brilhante trajetória de Sucesso!

Continue buscando a realização de seus sonhos, pois com certeza você obterá cada um deles!

 

Equipe do Curso Logos


Ana Clara Zimmermmann Fonseca

Ana Clara Zimmermmann Fonseca


Concurso: Colocação:
PRF 7º lugar

Ana Clara Zimmermmann Fonseca, 21 anos, 7º lugar na Polícia Rodoviária Federal. Estava cursando Administração na UFJF. Iniciou seus estudos no Logos em 2007 e passou no 1º concurso que fez.

Encontrou apoio na família, tanto emocional como financeiro, o que ela acredita ter sido de extrema importância para sua vitória. Viu também no namorado um grande incentivo, pois como ele é da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e depois que formar terá que ser removido, Ana Clara queria ser servidora pública Federal e com isso poder acompanhá-lo  quando das suas remoções pelo Brasil.

Nunca deixou de fazer exercícios físicos, pois sempre achou que ficava mais animada, feliz e sem stress.

Jamais desanimou, às vezes chegou a pensar na dificuldade que é passar em um concurso tão concorrido, com matérias que ela inclusive nunca havia visto, como: Direito, Informática, Legislação de Trânsito..., mas com CALMA, DEDICAÇÃO, MUITA VONTADE  e a ajuda de DEUS logrou êxito!

Ao ver seu nome na Lista dos Aprovados confessa ter sentido uma “SENSAÇÃO MARAVILHOSA”, de Dever Cumprido. “Passa na cabeça um filme de tudo que vivi para chegar até aqui... Na hora você não acredita no que está vendo... Pra falar a verdade, a ficha ainda não caiu...”

Quando lhe perguntamos o que aconselha a todos que querem, como ela, ser servidor público, ela enfatiza: “Eles têm que ter VONTADE. O concurseiro tem que estar ESTIMULADO, seja qual for a Razão. ESTUDAR QUERENDO ESTUDAR, não por mera obrigação. Se a pessoa tem vontade e quer conseguir, ela corre atrás, OU MELHOR, NA FRENTE!”


Eduardo Pinto Braga

Eduardo Pinto Braga


Concurso: Colocação:
TRE/MG 3º lugar

Eduardo Pinto Braga, 25 anos, 3º lugar Regional no TRE/MG. Formado em Odontologia pela UFJF. Sonhava com uma estabilidade profissional que não tinha como Dentista, resolveu, então, estudar para concurso. Essa trajetória durou um ano, desde que começou no Logos. Seu esforço foi grande, 08 horas por dia e, quando saiu o edital, 10 horas por dia. Seu descanso era só aos sábados à noite e aos domingos. Apesar da família não ter lhe apoiado totalmente em seu projeto, seguiu firme neste propósito. Chegou a desanimar como qualquer um que escolhe atingir uma meta tão importante como a de passar em um concurso. Para ele, a vida do concurseiro é muito difícil, e o desânimo vem do fato de ter que ficar o dia todo em casa estudando enquanto as outras pessoas estão crescendo em suas profissões. Para o concurseiro, a impressão que tem é a de que está parado no tempo, mas quando isso acontecia com Eduardo, pensava no momento em que veria o seu nome na lista de aprovados! Para ele e para muitos passar no primeiro concurso é muito difícil, porém ele não se prendeu a essa “regra”. Passou sim, no seu 1º concurso, apesar de ter feito uma faculdade da área de saúde. E ele garante: “isso não faz nenhuma diferença”. Estava convicto de que só pararia de estudar quando passasse, e agora acredita que cada dia de estudo e todo esse esforço valeu a pena!

Quando viu o seu nome na lista de aprovados a emoção foi forte e indescritível.  Por isso soube que a Força de Vontade aliada à Responsabilidade e à Disciplina foi importante para conseguir passar! “Não há mistério; fazendo um bom cursinho, estudando o maior número de horas em casa através de livros e fazendo exercícios da BANCA ORGANIZADORA do concurso, será certa a aprovação, só não tem como saber quando, MAS QUE SERÁ APROVADO SERÁ! Outro fator importante é não interromper os estudos, pois a seqüência impede que esqueçamos os conteúdos”.

“Todas as pessoas que estudaram para concurso por mais de 02 anos que eu conheço passaram, por isso recomendo a todos que NÃO DESANIMEM e, para quem vai começar agora, tenha paciência, pois O DIA CHEGA”.


João Paulo Santos Leonel

João Paulo Santos Leonel


Concurso: Colocação:
TRE/MG 1º lugar

João Paulo Santos Leonel, 27 anos, 1º Lugar de Minas no TRE-MG. Formado em Filosofia pela UFJF. Trabalhava como GARÇOM de quinta a domingo em um bar de Juiz de Fora e aos domingos servia almoço em um restaurante.

Começou sua trajetória para concurso em 2006, porém, como não podia deixar o trabalho conciliava-o com seus estudos. No final de 2008, quando percebeu que havia formado uma boa base, pediu demissão e ficou só estudando. Com isso, em março de 2009, conseguiu passar no concurso do TRE/MG. Sempre estudou no Logos, onde seu irmão, Geraldo Edson Leonel Jr, também foi aluno e passou em 1º lugar no concurso do Superior Tribunal Militar em 2004, que só tinha uma vaga em Minas. Além de seu irmão, toda sua família sempre o apoiou. João Paulo cita todos e, em especial, sua noiva: “Essa "menina" sempre acreditou nos meus projetos, mesmo se ontem meu projeto de vida era ser garçom e, hoje, servidor público federal”. Ficou claro que probabilidade não existe para eles. Qual a probabilidade de 02 irmãos passarem em 1º lugar em concursos públicos?  Resposta: Quase nula! Porém para eles a matemática não funcionou, deu 100%. E isso é realmente o maior incentivo para quem acha que passar em concurso não é possível. Não existem regras, nem “ditados”, afinal, João Paulo não cursou Direito, nem Economia, ou qualquer outro curso que o preparasse melhor para concursos! Além do mais, formar em Filosofia e trabalhar à noite pesariam, com certeza, na cabeça de qualquer pessoa que não tivesse a CORAGEM que ele teve de ACREDITAR que É POSSÍVEL SIM, PASSAR EM UM CONCURSO.

Estudava uma média de 08 horas por dia. Não saía, pois aquele era o momento de concentrar em seu projeto de vida. E se alguém acha que ele sempre foi otimista, está enganado. Quando viu a relação de 1.618 candidatos por vaga ficou 02 dias sem estudar, pois achou muito difícil! Foi aí que seu irmão Geraldo, novamente sendo uma peça importante nessa história, disse para ele: Os 1.617 candidatos que disputam contigo terão que passar por cima de você para pegar sua vaga. Isso o estimulou a estudar ainda mais, com afinco!

E quando perguntamos a ele em que se apoiou para continuar acreditando que isso era possível, João Paulo respondeu: “No peso da minha bandeja e na vontade de largá-la”.

Quanto à emoção do que ele sentiu ao ver seu nome em 1º lugar na Lista dos Aprovados: “Meu coração bateu mais que o de um atleta!”

João Paulo aconselha àqueles que buscam passar em um concurso público: “TODOS CONSEGUIRÃO! SER APROVADO É DECISÃO PERSONALÍSSIMA! DECISÃO DE DEDICAÇÃO, DECISÃO DE ENTREGA AO PROJETO! PROJETO DE APROVAÇÃO EM CONCURSO É PROJETO DE VIDA! E COM PROJETO DE VIDA NÃO SE BRINCA! SUA CONQUISTA DEPENDE DO ESFORÇO DO SEU ESTUDO!”


central de atendimento

Fale com o Logos

Rua Batista de Oliveira, 693 - 3º andar

Centro - Juiz de Fora - MG

veja aqui como chegar